Hyperloop e transporte em alta velocidade

Hiperloop_image

Visão de uma das inúmeras versões do Hyperloop (https://fakty.ictv.ua)

Práticas em Inovação Sistemática e Criatividade

Eng. Prof. Sylvio Silveira Santos
sylvioss@gmail.com

“Be transformed by renewing of your mind”.
Michael Orloff

O SISTEMA DE TRANSPORTE DE ALTA VELOCIDADE HYPERLOOP

Visitando o site da Hyperloop do empreendedor Elon Musk (CEO de diversas empresas inovadoras como SpaceX, Tesla, Open AI, NeuralLink e SolarCity), confirmamos a notícia de que o governo mineiro patrocinou um acordo de transferência de tecnologia e investimentos conjuntos entre a Hyperloop e a Prefeitura de Contagem. Segundo os jornais, esta start-up, na região vizinha a Belo Horizonte, desenvolverá estudos para aplicar a nova tecnologia principalmente no transporte de cargas e produtos.
O investimento inicial de US$ 7,85 milhões (cerca de R$ 26 milhões) virá de parceria público-privada que inclui a HyperloopTT, a Secretaria de Desenvolvimento de Minas Gerais e investidores privados. O comunicado não informou quanto cada parte desembolsará. (https://super.abril.com.br)

Esta tecnologia, embora ainda sujeita a controvérsias devido aos elevados custos financeiros de implantação, por ser um sistema open source, permite que da ideia inicial de Elon Musk (veja neste link) sejam extraídas diversas variantes, motivo pelo qual vem tendo aceitação em várias partes do mundo, inclusive no Brasil e, mais especialmente, em Minas Gerais.
Dentre aplicações promissoras da tecnologia, em Tolouse, na França, o Hyperloop para passageiros e cargas em escala real será o primeiro a operar oficialmente em 2019, conforme noticiado pela InfoMoney: http://www.infomoney.com.br/negocios.

A HyperloopTT (https://-one.com/) começou trabalhar nesta tecnologia de forma colaborativa a partir dos planos de Musk, mas não é uma tecnologia inteiramente nova em seus pressupostos.
A empresa americana Virgin, sua concorrente em vários projetos, possui uma concepção desenvolvida em associação com a Hyperloop já em sua terceira fase de testes, que podem ser vistos no YouTube em https://www.youtube.com/ e em Test Track 2018.

A exequibilidade deste projeto de Musk, apesar de criticada por alguns especialistas,  é mais uma aposta deste empreendedor e visionário, cuja audácia o tem levado a superar a NASA em certos setores.
Podemos citar como exemplo a entrega regular de cargas de mais de uma tonelada à estação orbital internacional através das capsulas Dragon, por meio de foguetes da série Falcon 9, cujo primeiro estágio é recuperado e reaproveitado em novos lançamentos.

No YouTube, onde estão centenas de filmes sobre o Hyperloop, podemos conhecer alguns dos princípios físicos reais desta tecnologia, cujas cápsulas seriam alimentadas por energia solar.

Comparando esta invenção com a do Prof. A. Yunitiskiy, mencionada em post anterior, vemos que são duas visões distintas, cada uma buscando se antecipar ao futuro, nas quais se sobressai a diferença entre as duas formas de transporte de alta velocidade: o fora e dentro de um tubo (Encapsulament, Matrioska, segundo a TRIZ), com base nas experiências do presente.

Uma análise do sistema de Yunitiskiy feita por Michael Orloff em “Inventive Thinking Through TRIZ”, Ed. Springer, Berlim, Pg. 231, destaca os seguintes Princípios de Transformação em TRIZ:

No. Princípio Aplicação
02 Ação preliminar As estações do sistema de Yunitiskiy estão projetadas para se situarem no centro das cidades, ao contrário de aeroportos, por exemplo.
03 Segmentação Uso de pequenos módulos de alta velocidade em vez de trens com extenso comprimento e elevado consumo de energia.
04 Substituição de material mecânico Melhorias na estrutura mecânica – amarrações leves, estruturas em fibras de carbono, por exemplo.
05 Separação Em sua totalidade, as linhas estarão separadas dos edifícios (embaixo ou acima) e do solo, ou subterrâneas ou mesmo sob a água.
06 Uso de oscilações mecânicas A frequência das vibrações no sistema de Yunitiskiy pode aumentar de acordo com as necessidades locais e de carga, a fim de economizar tempo.
08 Ação periódica Módulos de carga podem mover-se entre os módulos de passageiros, em viagens recorrentes.
11 Ação inversa Módulos rápidos em trilhas leves, em lugar de trens pesados, túneis e trechos escavados.
12 Propriedade local As linhas de sustentação são leves, e podem possuir um peso ideal entre os pontos de sustentação.
19 Transição em outra dimensão As linhas podem se instaladas entre pontos de coordenadas elevadas.

Tabela: Aplicação de diversos princípios e procedimentos da TRIZ na invenção do sistema de transporte de Yunitiskiy segundo a Tabela dos Navegadores Especializados,  A-Navigators, Apêndice 4, “Inventive Thinking Through TRIZ”.

Parece-nos evidente que os mesmos princípios se aplicam às tecnologias desenvolvidas pela Hyperloop e pela Virgin.

ANTECIPAÇÃO DESTAS INOVAÇÕES:

Propostas para estas inovações acham-se citadas em Global Sustainable Innoventions (GSI), um espaço generalizado da missão AiMTRIZ.

O GSI como uma tendência não é limitado apenas a problemas de larga escala e indica a necessidade de resolver problemas de qualquer porte em interesses pessoais ou globais, com base em valores universais, representados em particular pela Pirâmide de Maslow de Hierarquia das Necessidades Humanas e sua interpretação na sociedade atual globalizada.

Modernamente existem muitos problemas e desafios em particular, dentre os quais, segundo M. Orloff, se situam:

  • Desafios em sustentabilidade energética;
  • Desafios em sustentabilidade ecológica;
  • Idem em sustentabilidade dos sistemas de saúde, higiene e bem-estar, incluindo o problema da água;
  • Segurança alimentar;
  • Segurança contra incêndios em qualquer escala, nos campos e nas cidades, grandes e pequenas;
  • Sustentabilidade social, incluindo a solidariedade e resistência na prevenção de crimes, erradicação de drogas, etc.;
  • Educação global e eliminação da desigualdade no acesso a bens intelectuais e materiais.

Estamos convencidos de que a oportunidade e a eficácia de novas ideias poderiam ser ampliadas mediante a aquisição de novos conhecimentos e habilidades através dos ensinamentos de especialistas na aplicação dos métodos (M) TRIZ.

A AiMTRIZ, Academy of Instrumental Modern TRIZ, procura habilitar interessados em Inovação Sistemática através destes métodos.
No Brasil, somos colaboradores desta respeitada academia e, em breve, por seu intermédio, estaremos oferecendo os primeiros cursos online em Português sobre EASyTRIZ.

Para acesso ao projeto original de Elon Musk sobre o Hyperloop, Versão Alfa, clique neste link.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s